12/01/2018 14h04

Na manhã da sexta (12), Coopervesty foi reinaugurada em Amambai


Fonte: Redação

 
O grupo é formado por 18 pessoas / Foto: Moreira Produções O grupo é formado por 18 pessoas / Foto: Moreira Produções

Amambai (MS)- Mais que gerar renda, oferecer um local adequado para que costureiras possam colocar em prática os ensinamentos aprendidos nos diversos cursos de corte e costura existentes hoje no mercado. Este é o objetivo da Cooperativa de Produção e Confecção de Vestuário (Coopervesty), inaugurada nesta sexta-feira (12), em Amambai.

A Coopervesty foi fundada em janeiro de 2010. A partir desta data, foi dada sequência aos procedimentos legais da Cooperativa – registro municipal, estadual e federal e CNPJ, mas pouco tempo depois parou com os trabalhos.

A cooperativa ficou inativa até 2017, um grupo de costureiras decidiu reativá-la. O grupo é formado por 18 pessoas e é liderado pela costureira Margarete Bambil, que assumiu a presidência da Coopervesty.

 
Margarete Bambil é a presidente da Coopervesty / Foto: Moreira Produções Margarete Bambil é a presidente da Coopervesty / Foto: Moreira Produções

"18 mulheres corajosas e destemidas que têm muito a oferecer para esta cidade"

— Margarete Bambil

Segundo ela, vendo a necessidade de inserir mulheres capacitadas no mercado de trabalho, oportunizando que famílias se desenvolvam, a Coopervesty vem se consolidando e inovando, sendo a primeira cooperativa formada inteiramente por mulheres em Amambai.

"Hoje é o início da realização de um sonho, um sonho que 14 mulheres têm sonhado juntas, 18 mulheres corajosas e destemidas, que têm muito a oferecer para esta cidade", disse a presidente.

 
A vereadora Janete Córdoba auxiliou a Cooperativa a conseguir um local junto ao poder público / Foto: Moreira Produções A vereadora Janete Córdoba auxiliou a Cooperativa a conseguir um local junto ao poder público / Foto: Moreira Produções

A vereadora Janete Córdoba, que acompanhou o desenvolvimento do projeto, requerendo ao Executivo Municipal um local para a implantação da cooperativa e sua respectiva manutenção, afirmou que a Coopervesty vem para enaltecer a força da mulher amambaiense.

"Essa é uma luta que vem há anos e que agora obteve o apoio do poder público, sabemos que nós não estamos ajudando somente 18 mulheres empreendedoras, mas sim 18 famílias que terão ainda mais amor e prazer de viverem em Amambai", disse a vereadora.

 
Prefeito de Amambai, Dr. Bandeira Prefeito de Amambai, Dr. Bandeira

Para o prefeito de Amambai, Dr. Bandeira, a inauguração da cooperativa, que recebeu total apoio da Administração Municipal vem para confirmar a promessa de que 2018 será um ano de desenvolvimento econômico no município de Amambai. "Não vemos outra forma de uma cidade crescer, além da geração de emprego e renda e a Coopervesty vem para afirmar isso, não tenho dúvida de que será um grande sucesso", disse Bandeira.

Em primeiro momento, a produção consistirá em roupa de mesa, cama e banho, chinelos bordados, lingerie, confecções adulto e infantil, masculina e feminina, artesanato e bordado em geral.

Participaram da inauguração da Coopervesty, os vereadores Sangue Bom e Dilmar Bervian, os secretários municipais, Lígia Borges; Jauro Moretto; Sérgio Périus e o diretor do Detrat, Jabes Moreira Brum.

A Cooperativa fica localizada na rua Vereador João Neves, aos fundos da loja Gazin, no centro da cidade.

Veja algumas fotos da inauguração: