02/01/2017 07h22

Crônicas de Uma Alta Solta

Autoconstrução


*Por Luiz Peixoto

 

A cada dia
Eu me refaço mais forte
Mesmo que tudo pareça perdido
Mesmo que eu pareça esquecido
Eu me refaço mais gente
Ainda crente
Sempre
Que a vida vale a pena
Vale a ave
Ave a vida.

Digam aos anjos
Digam aos homens
Digam a mulheres
Que as diferenças são menores
Perto da grandeza da amizade
Perto da enorme sabedoria
Que a terra nos dá
Que a água nos dá
Que cada amigo
Que cada amiga
Nos oferece a cada dia

E assim é o caminho
Alegria
Dor
Sabor

Cada pedaço se refaz
Cada caminho se constrói
E assim a gente se faz gente
Eu me faço eu

Autoconstruindo alternativas
Alternando possibilidades
Possibilitando
Sendo
Vivendo

Luiz Peixoto

 

O autor é filósofo é filósofo e escreve semanalmente nesta coluna

Seja o primeiro a comentar!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.