14/11/2017 11h22

Eliminatórias: Itália empata e fica fora da Copa

Pela primeira vez desde 1958, a seleção tetracampeã do mundo não irá disputar a Copa


Fonte: Veja

Buffon perde a chance de disputar a 6ª Copa na carreira (Valerio Pennicino/Getty Images)
Buffon perde a chance de disputar a 6ª Copa na carreira (Valerio Pennicino/Getty Images)

Não deu! Mesmo jogando com um San Siro lotado, torcendo para a seleção local, a Itália apenas empatou por 0 a 0 com a Suécia, em Milão, e deu adeus às chances de disputar a Copa do Mundo de 2018, após ter perdido a partida de ida da repescagem nas eliminatórias europeias por 1 a 0. Essa é a primeira vez desde 1958, quando o Mundial foi disputado justamente na Suécia, que os italianos ficam de fora.

Durante todo o jogo, a Itália pressionou, mas sem qualidade. Os suecos aproveitavam os contra-ataques e muitas vezes eram mais perigosos que os donos da casa. Os italianos, comandados por Giampiero Ventura, estiveram nervosos durante toda a partida e acabavam cometendo falhas no ataque, como faltas sem necessidade em bolas levantadas na área. Quando acertavam, o goleiro Olsen brilhava. Houve também muitas reclamações de pênalti, ignoradas pela arbitragem.

Fora da Copa, Gianluigi Buffon, goleiro do time, perde a chance de superar os recordes do goleiro mexicano Antonio Carbajal e do zagueiro-meia alemão Lothar Matthäus, que têm cinco Mundiais disputados no currículo. Buffon jogou as Copas de 1998, 2002, 2006, 2010 e 2014 e chegaria à sua sexta Copa em 2018.

Já a Suécia volta a disputar o Mundial após doze anos. Essa será a 12ª participação da equipe, vice-campeã em 1958. A última participação foi na Alemanha, em 2006, com uma eliminação nas oitavas de final, para os donos da casa.

Envie seu Comentário