30/12/2016 15h25

Amambai: em entrevista coletiva, Dr. Bandeira fala sobre desafios em sua gestão


Fonte: Redação

 
A entrevista coletiva contou comm a presença da imprensa local, autoridades e sociedade  
Foto: Moreira Produções A entrevista coletiva contou comm a presença da imprensa local, autoridades e sociedade
Foto: Moreira Produções

Amambai (MS)- Com a presença de representantes da imprensa amambaiense, vereadores e sociedade, o prefeito e vice-prefeito eleitos, Dr. Bandeira (PSDB) e Valter Brito (DEM), falaram durante entrevista coletiva, realizada na tarde dessa quinta-feira (29), sobre os desafios que serão enfrentados na gestão, projetos para o município e da situação atual da Prefeitura Municipal, levantada por sua equipe de transição no decorrer de 34 dias.

A coletiva de imprensa aconteceu no salão de eventos da Associação Comercial e Empresarial de Amambai (Acia) e contou com a presença de representantes dos jornais eletrônicos Amambai Notícias e Agazetanews, do jornal impresso Correio da Fronteira e das rádios amambaienses Auxiliadora FM e Canal 100 FM, além de vereadores da atual gestão e vereadores eleitos para 2017, além de representantes de segmentos da sociedade.

Em primeiro momento, o prefeito eleito explanou a atual situação da Prefeitura Municipal, que foi levantada por sua equipe de transição composta pelo professor Richard Alexandre Coradini, Ezenir de Oliveira e o ex-vice-prefeito, José Aparecido Aguiar.

 
E/D- Prefeito e vice-prefeito eleitos, Dr. Bandeira e Valter Brito
Foto: Moreira Produções E/D- Prefeito e vice-prefeito eleitos, Dr. Bandeira e Valter Brito
Foto: Moreira Produções

"Se comparada com outras prefeituras de nosso estado, estaremos assumindo uma prefeitura relativamente em ordem, o que facilita nosso trabalho, temos apenas que resolver alguns problemas", disse o prefeito, que assume nesse domingo, 1º de janeiro de 2017.

Segundo ele, de todo levantamento realizado, os fatores que mais preocupam a nova administração são os gastos com a folha de pagamento e casos de judicializações na área saúde.

De acordo com os dados repassados pelo atual prefeito, Sérgio Barbosa, mensalmente, a Prefeitura arrecada cerca de R$ 8.528.543,59, dos quais, aproximadamente R$ 4.000.000,00 são comprometidos com a folha de pagamento, que comporta atualmente 1.913 servidores.

Além dos gastos com a folha de pagamento, a gestão que fica a frente da Prefeitura até 2020 se vê preocupada com a grande demanda de judicializarão na área da saúde, que são 16 casos, onde as multas somam R$ 631.380,00 podendo chegar até R$ 1.000.000,00 se não for resolvidos em caráter de urgência. "Diante essa problemática dos casos de judicialização da saúde, pretendemos implantar um setor jurídico dentro da Secretaria Municipal de Saúde para cuidar exclusivamente das ações judiciais já decididas ou em tramitação", garantiu o Dr. Bandeira.

Ainda na área da saúde, Dr. Bandeira disse que suas principais metas são melhorias na capacitação, qualidade e atendimentos dos profissionais, além de investir em profissionais qualificados. Ainda durante a entrevista, Dr. Bandeira divulgou o nome de cinco, dos 12 secretários que irão atuar na gestão 2017/2020. São eles:

Secretaria de Saúde: Sérgio Périus
Secretaria de Finanças: Willian Fernandes
Secretaria de Assistência Social: Eronildes Silveira Saldanha, a Preta
Secretaria de Desporto e Cultura: Lígia Borges
Secretaria de Educação: Vilma Oliveira Cruz

Veja fotos da coletiva de imprensa: