16/07/2017 08h00

Três cafés por dia aumentam as chances de você viver mais


Fonte: Manual do Homem Moderno

 
Crédito: Reprodução Crédito: Reprodução

Se você gosta de café e não abre mão de tomar uma xícara várias vezes por dia, pode ficar bem feliz com esta notícia. Uma nova pesquisa realizada recentemente com meio milhão de pessoas – durante longos 16 anos – é a maior já realizada na área e garante: tomar 3 cafés por dia reduz a possibilidade de mortalidade prematura entre 8% nas mulheres e 18% nos homens.

O trabalho foi realizado por cientistas da Organização Mundial da Saúde (OMS) e analisou 520.000 pessoas ao longo de 16 anos em uma dezena de países da Europa, entre eles a Espanha.

Os resultados traçam a relação entre o consumo de apenas um café diário a uma redução da mortalidade prematura de 3% em homens e de 1% em mulheres. E pode ficar ainda mais feliz porque esse hábito diminui a mortalidade por todas as causas, e principalmente por doenças do coração e do sistema digestivo.

Um outro estudo, realizado com 185.000 norte-americanos de várias etnias, também durante 16 anos, concluiu dados parecidos. Os dois trabalhos foram publicados no incío de julho pela revista especializada Annals of Internal Medicine.

Antonio Agudo, um dos autores do estudo europeu e membro do Instituto Catalão de Oncologia, ressalta que o café tem substâncias com propriedades antioxidantes, como os polifenóis, e os efeitos benéficos são observados tanto no café com cafeína quanto no descafeinado.

 
Crédito: Reprodução Crédito: Reprodução

Porém, um fato que não foi levado em consideração no estudo foi a renda dos participantes. Pessoas com uma qualidade de vida superior costumam ter uma renda maior e consequentemente costumam viver mais e beber mais café – ou seja, ainda não dá pra ter 100% de certeza sobre o que faz alguém viver mais: o café ou uma vida financeira mais confortável.

Porém, Agudo afirma que sua equipe ajustou os resultados ao nível de estudos, geralmente ligados à renda, reduzindo a possibilidade de interferência de dados.

A revista Annals of Internal Medicine adicionou na sua publicação uma lista de conselhos gerais elaborada por especialistas em saúde pública da Universidade Johns Hopkins, em Baltimore, nos EUA. Eles também ressaltam: "Ainda é cedo para recomendar o consumo de café para reduzir a mortalidade ou prevenir doenças crônicas. Porém, fica cada vez mais evidente que o consumo moderado de café, entre três e cinco xícaras por dia, não está associado a efeitos adversos para a saúde em adultos e pode ser incorporado a uma dieta saudável", diz o editorial.

É interessante ressaltar esse ponto porque por muito tempo acreditou-se que o café causava câncer, uma correlação falha que já foi comprovada ser mentira. Na época da realização dos estudos que traçaram esse paralelo, boa parte das pessoas que tomava café também fumava: ou seja, o câncer estava associado ao cigarro, não ao café.

De qualquer forma, pode ficar feliz e continuar tomando o seu café com moderação.

Envie seu Comentário