28/03/2019 14h32

Cruzeiro vence o Lara-VEN e se isola na liderança da Libertadores

Com gols de Rodriguinho e Jadson, Raposa derrotou o time venezuelano por 2 a 0 e disparou no topo do Grupo B


Fonte: CBF

 

Mantendo a invencibilidade como mandante na Libertadores há 22 anos, o Cruzeiro recebeu o Deportivo Lara-VEN nesta quarta-feira (27) e venceu por 2 a 0. O resultado no Mineirão isolou a Raposa na liderança do Grupo B.

O primeiro gol do Cruzeiro saiu dos pés do aniversariante do dia: Rodriguinho. Completando 31 anos nesta quarta, o meia recebeu bom passe de Fred para abrir o placar em Belo Horizonte, aos seis minutos da etapa inicial. Logo após o confronto, o jogador analisou a partida e comemorou o "presente" no dia especial.

– Esperávamos o jogo truncando. Sabemos que um jogo da Libertadores é sempre muito difícil. A equipe deles marcou muito forte, mas a gente foi feliz de conseguir confirmar essa vitória dentro de casa, chegando aos seis pontos. A família toda estava aqui no estádio, fiquei muito feliz de fazer o gol no dia do meu aniversário com eles aqui. E feliz pela vitória da equipei também. É um dia para comemorar – disse o meia

Ainda sem balançar as redes na Libertadores, Fred foi fundamental para os gols desta noite. Além de servir Rodriguinho, o atacante deu a assistência com categoria para Jadson fazer o segundo da Raposa, aos 49 minutos do segundo tempo.

– Se não dá para ser artilheiro, conseguir ser o garçom me dá a sensação de dever cumprido. A cada boa atuação, o torcedor fica mais exigente. Mas bom frisar que cada vitória é importante. Ganhamos na estreia fora de casa, na Argentina, e agora aqui dá uma tranquilidade. Sabíamos que seria um pouco diferente, eles fizeram a gente correr mais, tentamos fazer um jogo mais de inteligência, e conseguimos o resultado – comentou Fred ao fim do jogo.

Líder isolado no Grupo B, com seis pontos, o Cruzeiro abriu quatro de distância para o Emelec-EQU. Deportivo Lara e Huracán-ARG somam um ponto cada. O próximo compromisso da Raposa pela Libertadores será contra os equatorianos, na quarta-feira (3), fora de casa.

Envie seu Comentário