22/02/2019 13h31

Entidades debatem retirada da vacinação contra febre aftosa na Dinapec

Serviço oficial do Estado, serviço privado e representantes do setor produtivo colocaram em pauta os desafios para a mudança de status sanitário.


Fonte: portal ms

Equipe da Iagro na Dinapec 2019.
Equipe da Iagro na Dinapec 2019.

Na quinta-feira (21.2), segundo dia de programação da Dinapec, a tenda principal foi tomada pela discussão sobre os novos rumos para o controle da febre aftosa. O painel teve como palestrantes Elvio Patatt Cazola (SFA/Mapa), Luciano Chiochetta (diretor-presidente da Iagro), Luis Alberto Moraes Novaes (Famasul) e João Vieira de Almeida Neto (presidente do CRMV) e como moderadora, Vanessa Felipe de Souza (Embrapa).

Na oportunidade, Elvio Cazola falou sobre os critérios para formação dos blocos e zonificação, as medidas emergenciais em caso de ocorrência de foco, as diferenças do que aconteceu em 2005, as restrições de trânsito para animais e produtos entre áreas de status sanitários diferentes (áreas livres com vacinação e sem vacinação).

Luciano Chiochetta, explicou como o grupo vem trabalhando a questão financeira (custeio) das ações para fortalecimento/estruturação/manutenção do Serviço de Defesa, com destaque para os fundos e as indenizações.

As ações de Defesa junto às fronteiras, o que muda em relação à antiga ZAV e as parcerias também estarão em pauta, assim como o papel do produtor rural e o apoio dos seus representantes dentro do Plano Estratégico.

Luis Novaes, o Mandi, da Diretoria da Famasul, falou da percepção que o produtor tem da mudança de status, os aspectos positivos e negativos das medidas adotadas para retirada da vacinação e as responsabilidades dos produtores neste processo.

O presidente do CRMV, João Neto, contribuiu com a discussão destacando as responsabilidades dos responsáveis técnicos, os desafios e as mudanças necessárias para adaptar à nova realidade sem vacinação.

Para obter mais informações sobre a feira e a programação completa, acesse a página oficial da Dinapec.

Envie seu Comentário