15/04/2019 23h30

Major morto em frente a hotel passeava em Bonito com turma da formatura no Exército

A vítima levou uma facada no coração e câmeras registraram o crime


Fonte: Renan Nucci/Midiamax

 
Settervall lecionava no Bionatus e estava em recesso (Foto: Reprodução) Settervall lecionava no Bionatus e estava em recesso (Foto: Reprodução)

O professor de Matemática e major aposentado do Exército Brasileiro Paulo Settervall, de 57 anos, assassinado em frente a um hotel na cidade de Bonito na noite de domingo (14), estava reunido com amigos da turma de formatura de Salvador (BA), que vieram conhecer o Pantanal Sul-Mato Grossense. A vítima levou uma facada no coração e a polícia já investiga um suspeito. A ação foi registrada por câmeras de segurança, mas as imagens ainda não foram disponibilizadas.

Conforme apurado, Paulo, a esposa e os amigos haviam passeado pela cidade e à noite voltaram para o hotel. Por volta das 23 horas o professor desceu do quarto para fumar. Conforme exibido nas imagens, o suspeito se aproxima e eles conversam tranquilamente por cerca de um minuto. Em seguida, o desconhecido desfere uma facada sem chance de defesa, atingido o lado esquerdo do peito. Após o crime o homem fugiu.

Paulo caiu na calçada e morreu no local, antes que pudesse ser socorrido. A esposa estranhou a demora e ligou para ele várias vezes, inclusive enviando mensagens no celular, mas ele não respondia. Momentos mais tarde, descobriu pela polícia que o marido havia sido assassinado.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Dourados e será velado a partir das 17h30 desta segunda-feira, no Cemitério Jardim das Palmeiras, ao lado da UCDB, em Campo Grande. Paulo foi um dos militares de carreira que ajudaram a implantação do Colégio Militar da Capital, onde trabalhou até se aposentar. Saindo de lá, não se afastou das salas de aula e estava lecionando no Bionatus, uma escola particular da Capital. Por nota no Facebook, a escola, que está em recesso, prestou pesar aos familiares pela morte trágica do professor.


Envie seu Comentário