Morre o prefeito de Jardim, Evandro Antonio Bazzo

Morre o prefeito de Jardim, Evandro Antonio Bazzo

 
Evandro Antonio Bazzo Evandro Antonio Bazzo

Morreu nesta sexta-feira (17) o prefeito de Jardim, Evandro Antonio Bazzo (PSDB), aos 45 anos, depois de lutar contra um câncer ósseo diagnosticado no começo deste ano. Bazzo foi transferido às pressas na semana passada para o hospital Miguel Couto, em Campo Grande, depois de ter sofrido uma crise convulsiva.

No hospital, o prefeito esteve acompanhado da esposa e primeira-dama do município, Lizete Bazzo, de seus filhos e dos secretários de Obras, Gerson Gonçalves, e Finanças, Nilton César de Lima Salazar.

Bazzo fazia tratamentos de saúde desde fevereiro, depois de constatada uma lesão óssea na região da coluna. À época, ele afirmou que o problema foi ocasionado pelo estresse que passou em 2009, devido à crise econômica que afetou várias prefeituras do Estado.

Em outubro do ano passado o prefeito apresentava sérias dores na região lombar, e acreditava sofrer de problemas no nervo ciático. Em Presidente Prudente (SP), Bazzo fez uma série de exames que identificaram a gravidade da doença.

O prefeito foi encaminhado ao Hospital do Câncer em Barretos (SP), retirou alguns nódulos cancerígenos no Hospital Sírio Libanês em São Paulo, passou por radioterapia e quimioterapia. Mas o câncer se espalhou para os rins e chegou até o pulmão.

O prefeito tirou várias licenças médicas nos últimos meses, e o vice Carlinhos Grubert (PMDB) assumiu o cargo nesses períodos. Mas Bazzo estava trabalhando normalmente quando a saúde piorou.

Filho de Lauro e Maria Bazzo, Evandro é gaúcho natural de Caxias do Sul. Veio com a família para Mato Grosso do Sul quando jovem e serviu o Exército na cidade fronteiriça de Bela Vista, na região Sudoeste do Estado. A família Bazzo é proprietária do posto de combustíveis Agrossol em Jardim. A empresa está construindo sua segunda unidade no acesso a Jardim pela BR-267.

Como prefeito, foi reeleito em 2008 pelo PSDB com 7,5 mil votos. Por duas vezes, Bazzo foi vice-prefeito de Jardim entre os anos de 1996 e 2004, além de ter exercido cargos de gerente de Turismo e de Esporte na administração municipal.

O corpo será velado no Salão Paroquial da Igreja Santo Antônio em Jardim. A data do velório e enterro ainda não foi divulgada pela administração municipal. Bazzo deixa esposa e três filhos. (Editada às 18h10 para acréscimo de informações)

Fonte: Midiamax/Hélder Rafael