06/03/2019 15h31

Com forte esquema de segurança Corumbá teve um dos carnavais mais tranquilos


Fonte: Portal Ms

 

Corumbá realizou um dos carnavais mais tranquilos dos últimos tempos, na avaliação das forças policiais do Estado e do Município. Nenhuma ocorrência grave foi registrada desde a última quinta-feira (28/2), quando teve início o carnaval de rua com o desfile dos blocos sujos. O Governo do Estado reforçou a tropa do 6º Batalhão da Polícia Militar com 100 policiais de outras unidades regionais, incluindo um grupo de cavalaria.

Esse ano, 370 homens e mulheres fazem a segurança no circuito da folia pantaneira, que compreende o quadrilátero central da cidade e o porto geral, onde é realizado a roda de samba desde o mês de fevereiro. São 130 policiais militares, 60 guardas municipais e 180 seguranças privados contratados pela prefeitura. O esquema de segurança incluiu unidades do Corpo de Bombeiros, que também atenderam ocorrências de rotina, como embriaguez.

"Foi um carnaval excepcional em termos de tranquilidade para a população e para os foliões", afirmou o tenente-coronel César Freitas Duarte, comandante da Guarda Municipal. As ocorrências registradas, segundo ele, são, em sua maioria, por vias de fatos ou alcoolismo. "O sistema operacional das forças, de forma integrada, atuou ostensivamente e preventivamente, com om apoio decisivo da secretaria estadual de Justiça e Segurança Pública", disse.

Mais de 100 mil

Em cinco dias desfiles de escolas de samba e blocos oficiais e de sujos, mais de 90 mil pessoas passaram pela Avenida General Rondon, onde a prefeitura de Corumbá montou um circuito com passarela, camarotes, arquibancadas, praça de alimentação e palco central, onde são realizados os shows com bandas nacionais. Somente o Bloco Cibalena saiu na avenida com 25 mil foliões na sexta-feira (01/3), quando 40 mil pessoas passaram pela avenida.

Ao final do evento, nesta terça-feira, previsão de um público de 100 mil pessoas no carnaval de 2019, incluindo o segundo dia de desfile das escolas, ontem (04/3), quando 20 mil pessoas passaram pelo circuito do samba, segundo a Polícia Militar. No sábado e domingo, a estimativa de público foi de 10 mil a 15 mil e 20 mil a 25 mil, respectivamente. Nas rodas de samba, no porto-geral, mais de duas mil pessoas participantes, entre corumbaenses e turistas.

Final nostálgico

Nesta terça-feira, último dia de folia, acontece o desfile cultural, onde é celebrado os velhos carnavais com muita serpentina e confetes e marchinhas que marcaram época. O evento tornou-se uma tradição no fechamento da folia pantaneira e cria um clima de nostalgia e romantismo na passarela do samba, com a presença de bonecos gigantes homenageando personagens locais, corso (desfile de carros antigos) e pastoras.

O ponto alto do desfile cultural, que começa às 20h, é a participação dos cordões carnavalescos Paraíso dos Foliões, Cinelândia, Flor de Corumbá e Cravo Vermelho, os quais ainda preservam com suas fantasias, estandartes e evoluções uma manifestação surgida no início do século XIX, acompanhados por bandas de sopro. Também saem na avenida as alas dos marinheiros e palhaços e um bloco de frevo.

Envie seu Comentário