21/04/2016 10h30 - Atualizado em 21/04/2016 10h30

Por que Nestor Cerveró tem um olho mais baixo que o outro?

 

Fonte: Mega Curioso

 

Nestor Cunat Cerveró, ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, voltou a virar notícia nesta semana ao ser preso pela Polícia Federal na madrugada de quarta-feira (14), quando desembarcou no Rio de Janeiro depois de uma viagem a Londres.

Segundo o juiz Marcos Josigrei da Silva, Cerveró seria um dos principais articuladores e beneficiários do esquema de propinas dentro da Petrobras, no qual se trocavam quantias absurdas de dinheiro por vantagens na hora de fechar contratos.

Nestor Cerveró já responde a um processo por ter recebido US$ 30 milhões em propinas envolvendo contratos de sondas de perfuração de águas profundas no Golfo do México e na África. Além disso, está sendo investigada sua participação na controversa compra da Refinaria de Pasadena, no Texas (EUA). Como se não bastasse, ele ainda será alvo de um inquérito da Polícia Federal, específico sobre lavagem de dinheiro e ocultação de bens.

Todas essas suspeitas e acusações levantam uma série de perguntas a serem respondidas pela Justiça. Porém, denúncias, desvios e crimes à parte, ainda resta uma importante questão a respeito do ex-diretor da Petrobras: afinal, por que Nestor Cerveró tem um olho mais baixo que o outro?

Investigação ocular

Primeira suspeita: ptose

Uma das suspeitas para o famoso olho de Cerveró seria a chamada "ptose", uma doença que faz a pálpebra superior cair sobre o olho. Essa condição pode tanto causar um problema estético (temos certeza de que Cerveró se encaixa aqui) quanto funcional, quando a pele cobre o campo de visão (não podemos falar nada sobre isso).

A ptose pode acompanhar o paciente desde seu nascimento, indicando um problema na formação (caso da socialite Paris Hilton), ou acometê-lo anos mais tarde, sendo causada por traumas na região dos olhos, envelhecimento e AVC, entre outros motivos. O tratamento para os dois tipos de ptose é exclusivamente cirúrgico.

Segunda suspeita: exoftalmia

Outra hipótese que pode explicar o olho esquisito de Cerveró é a exoftalmia, uma condição que faz com que um dos olhos (ou os dois) pareça saltado, pois o globo ocular se projeta para fora da órbita.

Aparentemente, o visual de "Olho-Tonto" Moody – aquele professor paranoico da série Harry Potter que tem um olho mágico capaz de girar 360 graus – apresentado por Cerveró é resultado de uma combinação de fatores. Vamos às suspeitas.

Sabemos que não é uma tarefa muito agradável, mas, se você prestar bastante atenção ao olho esquerdo do ex-diretor, vai perceber que existe sim uma protuberância na região. Se você preferir, observe os globos oculares do ator Fernando Caruso, que sofre desse problema.

A causa mais frequente para a exoftalmia é a Doença de Graves, que se caracteriza pela estimulação excessiva das glândulas tireoides por anticorpos produzidos no próprio organismo (por conta disso, essa doença também é uma das principais causas do hipertireoidismo).

Os pacientes que enfrentam essa condição acabam acumulando mais gordura do que o normal na órbita ocular, o que aumenta a pressão no local e acaba empurrando o olho para fora.

O veredito: uma mistura dos dois casos

Como o olho esquerdo de Nestor Cerveró aparenta ter a pálpebra superior caída e, ao mesmo, chama atenção por ser um tanto saltado, é possível que o ex-diretor da Petrobras na verdade sofra de uma combinação de ptose com exoftalmia.

Para termos certeza, precisaríamos que nosso investigado se submetesse a uma série de exames, mas acreditamos que ele tenha outras ocupações no momento. Suspeita-bônus: um olho no gato e outro no peixe

Colocamos estas suspeitas depois do veredito para deixar claro que nossa investigação foi puramente científica. Porém, não podemos deixar de mencionar algumas hipóteses levantadas internet afora.

No Yahoo! Respostas, por exemplo, uma pessoa acredita que o olho caído de Cerveró seja "um castigo". "Se tivesse os dois olhos bons, roubaria em dobro", explicou ela. Outro internauta, por sua vez, imagina que o olhar esquisito em questão seja resultado de um mau hábito: "Ficou assim de tanto contar dinheiro embaixo da mesa, enquanto com o outro olho ele olha de frente".

Envie seu Comentário