07/11/2016 07h43

Crônicas de uma Alma Solta

Respeito é bom, e eu exijo!


Por Luiz Peixoto

 

Vivemos um tempo estranho. Um tempo de discurso de ódio. Quando eu era criança a pessoa podia ser o que fosse, mas aprendi desde cedo que ela era uma pessoa, e por isso merecia meu respeito. Sou da geração que pedia benção na rua pra idosos, mesmo sem conhecer, que sabia baixar os olhos e ficar calado perto de conversas de adultos, que beijava a mão da avó.... Sei, sou antigo. Mas sou!

Na minha vida de professor sempre sofri com rótulos. Afinal, se é filosofo é ateu. Se não casou até hoje é gay. Se é inteligente e ainda dá aula é preguiçoso. Pois é. Eu sou! Não o que dizem os rótulos. Sou uma pessoa. Quem tem opções de vida, que tem tendências ideológicas, que tem crenças. E isso incomoda quem quer saber mais que a gente.

Respeito é aquela atitude que demonstra caráter.

A pessoa pode ser heterossexual. Se não for machista, sexista, racista, xenofóbica, homofóbica, intolerante (etc) terá meus respeitos! Não é o que ela faz na cama que a define!

A pessoa pode ser homossexual. Se não for machista, sexista, racista, xenofóbica, intolerante (etc) terá meus respeitos! Não é o que ela faz na cama que a define!

A pessoa pode ser cristã. Se não for machista, sexista, racista, xenofóbica, homofóbica, intolerante (etc) terá meus respeitos! Não é o que ela faz no culto que a define!

A pessoa pode ser atéia. Se não for machista, sexista, racista, xenofóbica, homofóbica, intolerante (etc) terá meus respeitos! Não é o que ela faz na vida que a define!

A pessoa pode ser do batuque. Se não for machista, sexista, racista, xenofóbica, homofóbica, intolerante (etc) terá meus respeitos! Não é o que ela faz no terreiro que a define!

E assim por diante. Cada um pode colocar o que quiser aqui...

Respeito eu não peço. Eu exijo! Afinal sou eu que defino onde pode começar e terminar minhas relações. Se você ainda não entendeu isso, bom, caia fora!

Seguimos. Respeitando.


 

O autor é filósofo e escreve semanalmente nesta coluna

Envie seu Comentário