11.3 C
Dourados
sexta-feira, 12 de agosto de 2022

IBGE estima safra de 261,4 milhões de toneladas em 2022

- Publicidade -

Fonte: Aline de Oliveira Figueiredo, Iagro

O Laboratório de Diagnóstico de Doenças Animais (LADDAN) está credenciado desde 01/07/2022 para realização dos ensaios de ELISA para os diagnósticos de peste suína clássica (PSC) e doença de Aujeszky (DA). A extensão do escopo foi concedida pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Com este feito, o LADDAN já apresenta em seu escopo de credenciamento as análises para determinação de anemia infecciosa equina (pelas técnicas de IDGA e ELISA), mormo (ELISA), peste suína clássica (ELISA) e doença de Aujeszky (ELISA).

Esse é um reconhecimento formal da competência que a Iagro/LADDAN possui para realização dos ensaios laboratoriais avaliados, seguindo padrões internacionalmente exigidos, conforme norma ISO/IEC 17025:2017 e autorização pelo MAPA por meio da Portaria 376 de 20 de agosto de 2021.

Importância do Reconhecimento para a Sanidade

Mato Grosso do Sul é reconhecido internacionalmente como área livre de peste suína clássica, mas no país há uma zona não livre de peste suína clássica e o risco da reintrodução desta enfermidade na área livre não pode ser descartado, por isso há necessidade de vigilâncias clínicas, sorológicas e atendimento a suspeitas de PSC. Atividades estas previstas no Plano Integrado de Vigilância de Doenças dos Suínos.

Com o credenciamento do LADDAN, diminuiremos o tempo de ação frente aos casos suspeitos desta enfermidade, uma vez que as amostras serão processadas em nosso Estado, diminuindo o tempo de espera na granja até a chegada dos resultados finais. A rápida detecção de uma eventual introdução desta enfermidade é essencial para o sucesso das ações de resposta a emergências, o controle e erradicação do foco, com objetivo de recuperação rápida da condição sanitária.

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-