21.4 C
Dourados
quinta-feira, 18 de abril de 2024

Colheita da soja supera 30% em Mato Grosso do Sul

- Publicidade -

De acordo com o Siga-MS, produtividade segue estimada em 54 sacas por hectare, gerando a expectativa de produção de 13,818 milhões de toneladas

A colheita da safra de soja 2023/2024 superou 30% da área cultivada em Mato Grosso do Sul e até o dia 16 de fevereiro totalizava aproximadamente 1,284 milhão de hectares, conforme levantamento do Siga-MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio).

Com os trabalhos mais avançados na região norte, cuja média é de 44,7%, seguida pela região centro, que está com 29,5% e a região sul, com 26,7%, a produtividade segue estimada em 54 sacas por hectare, gerando a expectativa de produção de 13,818 milhões de toneladas.

Todos esses dados constam no boletim Casa Rural divulgado nesta terça-feira (20) pela Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) e pela Aprosoja-MS (Associação dos Produtores de Soja e Milho).

A publicação detalha que nos 4,265 milhões de hectares cultivados nesse ciclo produtivo em território sul-mato-grossense, 79,0% estão em boas condições, 12,9% regulares e 8,1% ruins.

O Siga-MS pontua que o volume de chuvas, especialmente no período que se estende do final de janeiro até o final de fevereiro, será o principal fator determinante da produtividade em todo o Estado.

Quanto à comercialização da soja, o boletim Casa Rural cita levantamento realizado pela Granos Corretora segundo o qual, até 19 de fevereiro de 2024, o agronegócio sul-mato-grossense já havia comercializado 32,47% da safra 2023/24, avanço de 4,47 pontos percentuais quando comparado a igual período de 2023 para a safra 2022/23.

Fonte: André BentoGranDourados

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-