14 C
Dourados
quinta-feira, 18 de abril de 2024

Projeto com estudantes de escola indígena realiza restauração de vegetação em Dourados

- Publicidade -

A Escola Estadual Indígena Intercultural Guateka – Marçal de Souza, localizada na aldeia Jaguapirú, em Dourados, realiza o projeto “Nascente Viva”, que tem como objetivo restaurar a vegetação de uma área de aproximadamente 31 hectares, que margeia o córrego Jaguapirú.

As primeiras 150 mudas foram plantadas na fase inicial do projeto, que aconteceu em março de 2018. A segunda fase é com o viveiro, com capacidade para 20 mil mudas (10.000 dentro e 10.000 fora).

Elas estão sendo cultivadas pelos próprios estudantes da escola e cinco bolsistas, três deles contemplados pelo PICTEC-2023 (Programa de Iniciação Científica e Tecnológica do Estado de Mato Grosso do Sul 2023), os mesmos são os que plantam e responsáveis pela sua conservação.

Projeto com estudantes de escola indígena realiza restauração de vegetação em Dourados
Projeto com estudantes de escola indígena realiza restauração de vegetação em Dourados

Ação solidária

Projeto com estudantes de escola indígena realiza restauração de vegetação em Dourados
Projeto é desenvolvido em aldeia em Dourados

 “Como todos os anos, por ocasião do aniversário do projeto Nascente Viva, ocorre uma ação de solidariedade Frankfurt-Dourados. Hoje, 22 de março, Dia Mundial da Água e também aniversário do projeto, os alunos e professores da escola indígena plantaram árvores ao longo da extensão do rio Jaguapirú”, relata o coordenador Cleber Dias, um dos responsáveis pela mobilização.

Atualmente, além dos bolsistas, o projeto conta com uma bióloga, a professora Kamylla Balbuena Michelutti, que atua com recursos vindos da entidade da Alemanha, explicou o diretor Luiz de Souza Freire Junior.

Ações do projeto “Nascente Viva” poderão ser acompanhadas no portal https://nascenteviva.com/.

Fonte: Adersino Junior, SED

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-