32.3 C
Dourados
terça-feira, 21 de maio de 2024

Solidariedade dos municípios do conesul de MS ao povo gaúcho

- Publicidade -

Descumprimento da Legislação Ambiental + Planejamento Urbano Ineficiente= Catástrofe

A catástrofe ocorrida em mais de 70%(por cento)dos municípios do estado do Rio Grande do Sul, chama atenção dos gestores públicos pelo descumprimento da legislação ambiental na hora de definirem o Planejamento Urbano das cidades.

Segundo Miriam Prochnow, da Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida, Apremavi, as cidades ignoram que isso tem que ser levado em conta quando se faz planejamento urbano. “Não pensam em retirar pessoas de área de risco, permitem ocupação em áreas onde a enchente já chegou. É ignorar a crise climática solenemente”, diz Prochnow à DW.

Ambientalistas afirmam que a maioria dos municípios brasileiros está sob o comando de negacionistas climáticos. “O negacionismo precisa ser deixado de lado já que as catástrofes estão ficando cada vez mais intensas”, diz Heverton Lacerda, da Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural (Agapan).

Lacerda cita como exemplo um projeto de lei de autoria do deputado Alceu Moreira (MDB-RS), aprovado na Câmara dos Deputados em março último. A medida autoriza o corte de vegetação nativa não florestal – como Pampa, parte do Cerrado e do Pantanal. Na prática, uma área equivalente aos estados do Rio Grande do Sul e do Paraná de mata nativa podem sumir do mapa se a lei passar no Senado.

E em Amambai, o que se pode fazer em caso de catástrofes?

Com a conjuntura, desperta mais curiosidade ainda em saber quais são os planejamentos urbano, social e econômico dos pré-candidatos ao cargo de gestor municipal do Patrimônio em caso de catástrofes – inundações, erosões, desabamentos, interrupção no fornecimento de água ou de energia elétrica, epidemias e outras – a fim de evitar prejuízos maiores à população.

Desde já, provocamos os cinco pré-candidatos a se posicionarem sobre o assunto e na próxima edição de Prosa&Política publicaremos as primeiras posições enviadas.

Secretários pedem exoneração de seus cargos para disputarem eleições

Três secretários municipais deixam seus cargos na prefeitura anunciando suas pré-candidaturas ao pleito eleitoral do dia 6 de outubro deste ano.

Primeiro foi o secretário municipal da Cidade, Deivid Nicoline, anunciando ser pré-candidato a vereador pelo Partido Social Democrático (PSD).

Em seguida, foi a vez do secretário de Gestão, Sérgio Perius, manifestar intenção de ser pré-candidato ao cargo de vice-prefeito na chapa do Partido dos Trabalhadores (PT).

Por último, foi o secretário de Serviços Urbanos, Runes de Oliveira, afirmar ser pré-candidato ao cargo de vereador pelo Partido Social Democrático (PSD).

Bora Votar – Prazo para 1º título de eleitor para jovens até 18 anos termina hoje, 8 de maio

Jovens de 16 a 18 anos que querem participar das eleições municipais deste ano têm até hoje, 8 de maio, para tirar o título eleitoral, que habilita o cidadão ou a cidadã a exercer o direito do voto.

Em outubro, as eleições serão para escolher os representantes que ocuparão pelos próximos quatro anos os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador dos municípios.

O procedimento de alistamento eleitoral pode ser feito pela internet, por meio do sistema de sistema autoatendimento TítuloNet. Ao acessar o sistema, o jovem deve selecionar a opção “não tenho”, na guia “Título de eleitor”, somente se nunca tiver tirado o título.

Não tem erro: é só seguir as orientações que o título estará na mão para votar.

(Fonte: TSE – Tribunal Superior Eleitoral, com edição desta coluna)

PT

Informação repassada pelo pré-candidato a prefeito pelo PT, Luciney Bambi, a esta coluna.

Luciney Bampi (PT): “Tive uma conversa muito produtiva com meu amigo e empresário Gilmar Vicentin sobre a conjuntura política e econômica de Amambai. Trocar ideias e discutir soluções é essencial para contribuir com o desenvolvimento da nossa cidade”.

PL anuncia nome de Dr. Alessandro para vice na chapa do partido

O Partido Liberal (PL) de Amambai anunciou o nome do médico Alessandro Godoy como pré-candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo pré-candidato a prefeito, Zé Bambil (PL). A confirmação da pré-candidatura ocorreu durante reunião no sábado, 4, na chácara do produtor rural, Bruno Oliveira. Na oportunidade, estiveram presentes membros da direção e pré-candidatos a vereança pela sigla partidária. 

NOVO

Membros da direção municipal do Partido Novo de Amambai realizaram no dia 27 de abril ato de filiação na aldeia Amambai.

De acordo com o presidente da legenda no município, José Luís Karasek, a reunião teve como objetivos debater assuntos relativos a comunidade e a filiação de simpatizantes as propostas defendidas pelo partido.

Estiveram presentes o pré-candidato a prefeito, Ricardo Renato Habitzreuter, o líder da comunidade, Arcênio Vasques, e os pré-candidatos a vereança Iracy, Aline, Irídio e Mário.  

PSDB

A pré-candidata a prefeita de Amambai, vereadora Janete Córdoba, esteve presente no evento denominado Força Tucana, ocorrido no sábado, 4,na cidade de Ponta Porã. O encontro reuniu lideranças estaduais e regionais do PSDB, visando organizar o partido e preparar os pré-candidatos para as eleições municipais de 6 de outubro.

“A troca de ideias e experiências entre líderes e participantes foi inspiradora, reforçando o compromisso de trabalharmos juntos em prol de um futuro melhor para nossa comunidade e país”, ressaltou Janete.

As lideranças tucanas governador Eduardo Riedel, ex-governador e presidente regional Reinaldo Azambuja, deputados federais Geraldo Resende e Dagoberto Nogueira e a ex-senadora Marisa Serrano participaram do evento.

Solidariedade com a população gaúcha

Iniciativa mobiliza Amambai, Coronel Sapucaia, Paranhos, Sete Quedas e Aral Moreira

Uma campanha de solidariedade ao Rio Grande do Sul iniciada em Amambai extrapolou o território amambaiense com a participação dos municípios de Coronel Sapucaia, Paranhos, Sete Quedas e Aral Moreira.

A iniciativa, que objetivou o apoio às vítimas das enchentes no estado gaúcho, foi da Prefeitura de Amambai, através do prefeito Dr. Bandeira (PSDB). A campanha arrecadou entre as populações dos municípios alimentos não perecíveis, água potável, itens de higiene pessoal, cobertores e fraldas.

A ação foi um sucesso. A arrecadação lotou três carretas e um bitrem que serão entregues no centro de distribuição localizado na Universidade Federal de Passo Fundo. “Foi um espetáculo, fantástica a arrecadação, o pessoal colaborou com força”, afirma o prefeito. De acordo com o prefeito, será acompanhada a situação no RS e os municípios poderão dar continuidade arrecadando doações.

Ato de solidariedade une candidatos a prefeito de Amambai

Sensibilizados com a tragédia ocorrida no Rio Grande do Sul, os cinco pré-candidatos a ocuparem o principal cargo político do município reuniram-se demonstrando união no fortalecimento da necessidade de ajuda as famílias gaúchas atingidas pelas enchentes.

Através das redes sociais, o pré-candidato a prefeito pelo PT, Luciney Bampi, divulgou vídeo com a imagem dos cinco candidatos juntos solicitando que a população continue solidarizando-se com a catástrofe do RS, através da campanha que está sendo realizada pela prefeitura.

“Estamos aqui, eu, o Sérgio, a Janete, o Renato e o Zé Bambil unidos, dando uma trégua na pré-campanha eleitoral, para pedir apoio da população pra campanha de doação”, fala Luciney.

Mini Anel Viário em Amambai

Prefeito comemora garantia de recursos para execução da obra anunciada pela Ministra Simone Tebet

O prefeito de Amambai, Edinaldo Luiz de Melo Bandeira, cumpriu agenda em Campo Grande, no 29 de abril, onde participou de uma audiência com o governador de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel, e com a Ministra do Planejamento e Orçamento do Governo Federal, Simone Tebet.

Na ocasião, a Ministra anunciou aprovação de recursos para construção de anel viário no município de Amambai. Simone afirmou que serão cerca de R$ 25 milhões liberados pelo Fundo para a Convergência Estrutural do Mercosul.

O trajeto do Mini Anel, que será executado em Amambai, se estende desde a saída para Ponta Porã na rodovia MS-386, passando pela saída para Caarapó, Tacuru na rodovia MS-156 e alcançando a saída de Juti na rodovia MS-289.

Novo é de Direita e não de Extrema Direita

Por

José Luiz Nunes Moreira

DRT/RS 5759-21/100

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade-