11/09/2018 08h35

Homem é morto por cunhado, em Amambai

O crime aconteceu na Aldeia Limão Verde e o acusado afirmou ter matato o cunhado porque sentiu vontade.


Fonte: Redação

 
Corpo de Bombeiros foi acionado, mas Vando não resistiu e acabou morrendo / Foto: Moreira Produções Corpo de Bombeiros foi acionado, mas Vando não resistiu e acabou morrendo / Foto: Moreira Produções

Amambai (MS)- Por volta das 20h desta segunda-feira (10), o 16º Subgrupamento do Corpo de e Bombeiros (16ºSGB) de Amambai recebeu um chamado para socorrer um homem vítima de ferimento com arma branca. O crime aconteceu na Aldeia Limão Verde e quando os bombeiros chegaram ao local, Vando Araújo, de 29 anos já estava morto.

Informações dão conta que o autor, Judelsio Duran, de 19 anos e que era cunhado da vítima, foi preso em flagrante e que confessou que matou o esposo da irmã porque "deu vontade".

Conforme boletim de ocorrência, a mulher de Vando relatou que o marido estava sentado na cama do casal, quando o irmão dela chegou e sem motivo aparente esfaqueou a vítima. Após o crime, Judelsio saiu correndo, mas foi perseguido e detido por outros indígenas. A faca utilizada no homicídio também foi apreendida.

Questionado sobre a situação, o rapaz revelou à polícia que não tinha motivos para cometer o crime, apenas matou o cunhado porque deu vontade. Ainda de acordo com o registro policial, o acusado apresenta sofrer de distúrbio mental. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil do município.

Envie seu Comentário