04/12/2018 18h35

Funcionário de concessionária morre eletrocutado durante manutenção em rede rural

Outro funcionário ficou gravemente ferido no acidente


Fonte: Fernanda Müller/Midiamax

 
Ronaldo Fiori Figueiredo deixa mulher e casal de filhos. (Foto: reprodução) Ronaldo Fiori Figueiredo deixa mulher e casal de filhos. (Foto: reprodução)

O eletricista Ronaldo Fiori Figueiredo, de 32 anos, morreu eletrocutado na manhã desta segunda-feira (03) enquanto realizava manutenção em uma rede elétrica rural em Sete Quedas, a 470 quilômetros de Campo Grande. Outro eletricista, que trabalhava junto com Ronaldo no momento do acidente também foi atingido pela descarga e ficou gravemente ferido.

De acordo com o boletim de ocorrência, uma equipe da Polícia Civil foi encaminhada ao local para realizar a perícia. Não há informações sobre o que teria causado o acidente.

Segundo o site rádio Educadora, no momento da descarga elétrica, a vítima sobrevivente estaria no cesto elevado realizando a manutenção e Ronaldo estava no chão.

Em nota de falecimento, a Sinergia-MS (Sindicato dos Trabalhadores na Indústria e Comércio de Energia no Estado de Mato Grosso do Sul) afirmou que o eletricista que sobreviveu ficou ferido com diversas queimaduras e internado no hospital de Sete Quedas aguardando para ser transferido para Campo Grande.

Ronaldo atuava como eletricista na Energisa, concessionária de energia elétrica de Mato Grosso do Sul, há 3 anos. Ele era de Campo Grande e estava lotado em Dourados. O enterro será realizado na Capital. Ele era era casado e deixou um casal de filhos.

O Jornal Midiamax tentou entrar em contato com a Energisa mas até o momento não obteve resposta.

Envie seu Comentário